Marcello Veríssimo

O Cavex (Comando de Aviação do Exército), de Taubaté, participa das buscas pelo helicóptero que desapareceu na Serra do Mar, neste sábado (6). Uma aeronave do 2 Batalhão de Aviação do Exército se juntou à equipe de buscas para auxiliar na missão.

De acordo com as autoridades, o Cavex utiliza a aeronave Pantera K2 que também pode operar no período noturno, com o uso de Óculos de Visão Noturna.

A FAB informou que em cinco dias já foram realizadas aproximadamente 35 horas de voo pela Serra do Mar sob uma área que compreende 5 mil metros quadrados entre as cidades de Salesópolis, Paraibuna, Natividade da Serra, Redenção da Serra, Caraguatatuba e Ubatuba.

Neste sábado (6) as buscas se concentram no trecho entre a represa de Paraibuna e a Serra do Mar, na região de Caraguatatuba.

O delegado Fábio Pimentel, que também é piloto e auxilia nas buscas, disse que o último contato por telefone celular entre um ocupante do helicóptero e seus familiares teria sido feito nesse trecho, nas proximidades do Km 54 da rodovia dos Tamoios.

Nesta sexta, o delegado Fábio Pimentel, que integra o Serviço Aéreo Tático, da Polícia Civil, percorreu a região em que a aeronave desapareceu, mas o tempo nublado não permitiu que a área fosse completamente vistoriada.

O delegado disse que, ao que tudo indica, o piloto que é experiente diante as dificuldades para cruzar a Serra do Mar, em Caraguatatuba, teria tentado ir para Ubatuba, que estava com combustível suficiente, mas iria precisar reabastecer.

O delegado disse que ainda não descarta nenhuma hipótese, incluindo encontrar os tripulantes ainda serem localizados com vida pela Serra do Mar.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *