Marcello Veríssimo

Depois da Transpetro, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) também divulgou nota sobre o vazamento de óleo no Canal de São Sebastião. Diferente do que vem sendo veiculado nos grupos de mensagem, a companhia informou que o volume de óleo vazado é pequeno assim como a possibilidade do produto se espalhar pelas praias da região.

O acidente aconteceu durante operação de transbordo entre navios no Tebar (Terminal Almirante Barroso) na tarde desta terça-feira (9).

De acordo com a Cetesb, por orientação da própria companhia a Petrobrás/Transpetro instalou barreiras de contenção no entorno dos navios e oito lanchas trabalharam para dispersar a mancha de óleo do canal que seguiu em direção ao alto mar.
“A Cetesb permanecerá monitorando a situação, mas a possibilidade desta iridescência vir a prejudicar a balneabilidade das praias ainda é remota”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *