Marcello Veríssimo

A Transpetro, responsável pela logística e transporte de combustíveis que atua nas operações de importação e exportação de petróleo e seus derivados, emitiu nesta quarta-feira (10) uma nota à imprensa para explicar o vazamento de óleo no Canal de São Sebastião.

De acordo com a empresa, vinculada a Petrobrás, o vazamento foi contido assim que detectado durante a operação chamada ship to ship, que é justamente o transbordo de cargas entre navios.

A nota explica que, imediatamente, a companhia interrompeu a transferência do produto acionando suas equipes para conter a emergência do óleo vazado.

A nota não diz o volume de óleo vazado e manifesta o empenho da companhia em descobrir as causas do acidente. A Transpetro não comenta na nota as especulações que circulam nas redes sociais e aplicativos de mensagem dando conta que o produto chegou às praias de Ilhabela. “A Transpetro reafirma seu compromisso com as regiões onde atua, com respeito à segurança, ao meio ambiente e às pessoas”, diz a nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *