Marcello Veríssimo

A Promotoria de Justiça, em Caraguatatuba, concedeu liberdade provisória ao idoso, de 59 anos, que foi preso após ser flagrado por câmeras de segurança de um supermercado “apalpando” uma menina de 8 anos, nesta quinta-feira. A audiência foi realizada nesta sexta-feira (12).

O homem deve responder pelo crime de estupro de vulnerável em liberdade. O vídeo que mostra o homem importunando a criança circulou nas redes sociais causando indignação e repulsa nos internautas.

De acordo com a Justiça, o idoso não pode sair da cidade ou mudar de endereço até que o caso seja encerrado. Ele também terá que comparecer ao fórum mensalmente.

O Grupo Carrefour, proprietário da marca Atacadão, divulgou nota em que repudia a atitude do homem e disse estar prestando apoio à família da vítima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *