Marcello Veríssimo

Férias escolares é sinônimo de crianças com tempo livre e, no Litoral Norte, de praias cheias e crianças perdidas. O GBMar (Grupamento de Bombeiros Marítimos) divulgou nesta segunda-feira (15) balanço com o total de crianças perdidas nas praias da região nos primeiros dias de janeiro.

Pelo levantamento, foram mais de 50 ocorrências com todas as crianças sendo localizadas e devolvidas aos pais. Ubatuba lidera os registros com 35 crianças perdidas nas praias, na sequência Caraguatatuba com 15 e São Sebastião com 1. A única cidade que não registrou crianças perdidas neste início de ano foi Ilhabela.

De acordo com os bombeiros marítimos, no início do ano sete mil pulseiras de identificação foram produzidas e estão sendo distribuídas nas praias para evitar ocorrências de crianças perdidas e facilitar a identificação dos pais.

O GBMar orienta que ao chegar nas praias os pais devem procurar os postos de salvamento dos bombeiros marítimos para retirar a pulseirinha e colocar nos pequenos.

Ainda de acordo com os bombeiros, ainda é essencial que as famílias com crianças pequenas procurem as praias que tenham guarda-vidas.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *