Marcello Veríssimo

A SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) divulgou uma nota na noite desta terça-feira (16) sobre o caso que terminou com a morte de um cavalo na noite do último domingo (14).

O posicionamento do órgão, responsável pela Operação Verão Seguro, foi enviado aos jornalistas por volta das 21h. O cavalo, identificado como Calibre, era um mangalarga marchador e tinha cinco anos e três meses.

Ele estava com seus donos havia três anos.

Leia a nota da SSP:

Um cavalo foi morto após seu dono avançar contra policiais militares na noite deste domingo (14), na Rua Santa Branca, no bairro Sumaré, em Caraguatatuba. A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência onde quatro homens estavam trafegando na via, com os seus cavalos – um deles estava na posse de uma arma de fogo. Durante a abordagem, um dos homens, de 22 anos, tentou fugir e foi acompanhado pela viatura. Em determinado momento, ele direcionou o cavalo para cima dos policiais, que precisaram intervir. O animal foi baleado e não resistiu. Foram requisitados exames periciais ao IC e ao IML. O caso foi registrado na Delegacia de Caraguatatuba e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (JECRIM).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *