Marcello Veríssimo

Um crime revoltante contra alguém que não pode se defender.

Essa talvez seja a forma mais adequada para definir a morte de uma coruja, registrada na tarde do último domingo (21), na Praça Cândido Motta, a principal e mais movimentada na região central de Caraguatatuba.

O animal caiu de uma árvore do local e foi chutado por um morador em situação de rua, por duas vezes.

A cena foi presenciada por uma moradora que estava na praça e ficou indignada. Ela chegou a gritar para o homem parar. Aparentemente, ele estava em estado de embriaguez. “Estou mais chocada porque a coruja estava viva e se debatia muito”, disse a moradora, que pediu para não ser identificada.

A moradora levou o animal para ser socorrido até a unidade da Polícia Ambiental, no bairro Martim de Sá, na região norte, mas a coruja não resistiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *