Marcello Veríssimo

O primeiro round do Mundial de Surfe WSL (World Surf League), a Liga que reúne os surfistas da elite do esporte, não começou bem para o atual bicampeão mundial Filipe Toledo, de Ubatuba, nesta quarta-feira (31), em Pipeline, no Havaí.

De acordo com a Liga Mundial de Surfe, Toledo foi o terceiro em sua bateria de estreia, terminando com 1,77.

A bateria de Toledo, foi vencida por Samuel Pupo, de Maresias, que cravou nota 13. O surfista prata da casa, o havaiano Shion Crawford com 9,27 foi o segundo colocado.
Toledo foi para a repescagem e terá que buscar a vitória para buscar o título em Pipeline.

Gabriel Medina também avançou para a segunda fase após garantir o segundo lugar na bateria com uma nota 12,33. O vencedor foi o surfista australiano Callum Robinson com 13,67.
O surfista Deivid Silva ficou em terceiro com 4,64 e também irá disputar a repescagem.

Dora

O surfista brasileiro Yago Dora também avançou para a segunda fase, após obter a segunda colocação com uma nota 9.

Ele foi o segundo colocado no duelo contra o surfista da África do Sul, Matthew McGillivray, que cravou 12,34. O brasileiro Caio Ibelli foi o terceiro com 9,83 e também foi para a repescagem. Junto a Ibelli, também avançam para a segunda fase o surfista havaiano John John Florence com 15,20 e o norte americano Jack Marshall com 14,47.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *