Marcello Veríssimo

Continua o mistério em torno da autoria do duplo homicídio registrado na madrugada do domingo, dia 28 de janeiro, na praia Vermelha do Norte, em Ubatuba. O casal, vítima do assassinato, foi atingido por diversos tiros. A Polícia Civil segue investigando o caso.

De acordo com as investigações, um vigilante das redondezas ouviu os disparos e em seguida encontrou as vítimas. Ninguém foi preso.

Até o início da noite desta sexta-feira (2), os corpos ainda estavam no IML (Instituto Médico Legal) de Caraguatatuba aguardando o reconhecimento dos familiares.

De acordo com a polícia, o vigia encontrou os corpos pouco depois da 1h.

Com a ajuda de uma lanterna, o vigilante, que cuida da segurança dos estabelecimentos comerciais perto da praia, ouviu os disparos e assim que sentiu confiança foi ao local e encontrou as vítimas.

Foi ele quem acionou as equipes de resgate. Os socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) constataram as mortes no local.

A polícia informou que a mulher foi atingida por aproximadamente três tiros, sendo um na cabeça, um na lateral direita do pescoço e um na região dos ombros.

Ela vestia uma calça verde, uma blusa cropped preta com a estampa New York, além de uma jaqueta de couro também na cor preta, e estava com uma pequena mochila nas costas.

Dentro do acessório havia dois cachimbos para fumar crack, um pente, dois isqueiros, um alicate e uma frasqueira pequena, de cor preta, que estava vazia.

A mulher não portava documentos de identidade. De acordo com a polícia, ela possuía uma tatuagem de coruja nas costas e ainda usava uma munhequeira preta em um dos pulsos.

Já o homem levou dois tiros na região da coxa esquerda, outros dois na coxa direita e um tiro de raspão no ombro, além de um tiro no pescoço e outro no braço direito.

O corpo tinha tatuagem, sendo uma mulher com os dizeres “minha vida” na lateral do abdômen e uma caveira. O homem também não portava documento de identificação.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *