Marcello Veríssimo

A aldeia Renascer, em Ubatuba, recebeu o intercâmbio com representantes do povo Maori, da Nova Zelândia, dias antes do Carnaval. O cacique da aldeia Cristiano Kiririndju, que é o atual coordenador de políticas públicas para os povos indígenas, disse que foi um encontro enriquecedor marcado pela troca de experiências e saberes culturais entre as duas comunidades.

Durante o intercâmbio, os Maori mostraram suas tradições ancestrais reforçando a importância da preservação da língua, rituais e a conexão com a natureza.

Do lado brasileiro, a comunidade indígena de Ubatuba mostrou parte de sua cultura com destaque para a relação de harmonia que eles possuem com a terra, rituais sagrados e como a preservação das tradições é passada de geração em geração.

De acordo com o cacique, o intercâmbio não fortaleceu apenas o laço entre os povos. “Mas também promoveu uma compreensão mais profunda e respeitosa das diversas culturas que existem em nosso mundo”.

Os Maori são o povo indígena da Nova Zelândia. Polinésios, eles são cerca de 14% da população daquele país.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *