Marcello Veríssimo

Balanço do GBMar (Grupamento de Bombeiros Marítimos), divulgado nesta quarta-feira de Cinzas (14) mostra que 157 pessoas foram salvas em situações de perigo no mar durante o Carnaval. Apenas uma morte por afogamento foi registrada no período nas praias paulistas.

De acordo com o GBMar, foram registradas 97 ocorrências de afogamento, além de 37 crianças perdidas que foram localizadas e entregues aos pais.

O GBMar também realizou 103.736 ações de prevenção durante os quatro dias de folia em todo o Litoral Paulista.

Morte

A morte registrada foi de um adolescente, 16, na Praia Grande, Baixada Santista. Morador na cidade de Grajaú, interior de São Paulo, o adolescente estava com a namorada e um primo quando se afogou.

Os jovens foram salvos por banhistas, mas o adolescente não resistiu e morreu.

O número de mortes por afogamento foi menor do que no Carnaval do ano passado. Em 2023, segundo o GBMar, foram três mortes, sendo duas em Caraguatatuba e uma na Praia Grande.
96 banhistas foram salvados e 60 afogamentos registrados. O número de crianças perdidas, que foram localizadas e entregues aos pais também foi menor, 11 e os bombeiros marítimos realizaram 59.956 ações de prevenção.

Verão

O GBMar informou também que o balanço total da Operação Verão 2024 deve ser divulgado nos próximos dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *