Marcello Veríssimo

Uma marca importante para a saúde da região. O HRLN (Hospital Regional do Litoral Norte) comemora neste mês a realização da centésima cirurgia cardíaca. O paciente é um morador de 55 anos, que não teve sua identidade divulgada.

De acordo com o Hospital Regional, essas cirurgias são de alta complexidade e envolvem a abertura do peito do paciente para corrigir problemas no coração ou nos vasos sanguíneos.

O médico Leandro Neves Machado, cirurgião cardiovascular do HRLN, disse que a taxa de mortalidade desse tipo de cirurgia realizada no hospital foi 4%, que é inferior à média nacional do SUS, de 6,7%, de acordo com o Ministério da Saúde.

O médico disse que esse registro comprova os cuidados intensivos do HRLN com os procedimentos e uma equipe qualificada.

Balanço

O HRLN informou que entre os procedimentos realizados pela equipe médica cardiovascular estão a cirurgia de revascularização do miocárdio, a troca ou reparo de válvulas cardíacas, a correção de defeitos congênitos, tratamento das doenças da aorta e a implantação de marcapassos.

A coordenadora da da equipe do centro cirúrgico Priscilla R. Cristal da Silva, disse que essa marca representa um avanço na qualidade da assistência. ‘‘Realizamos 100 procedimentos sempre com foco na qualidade e segurança do paciente’’.

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil, responsáveis por cerca de 30% dos óbitos registrados anualmente, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia.

O cardiologista Marcelo Lacerda, diretor técnico da unidade, disse que é um serviço de extrema importância para a região. “80% dos atendimentos são pacientes moradores do Litoral Norte que teriam que buscar tratamento em outra cidade, a oferta desse serviço considerado de alta complexidade beneficiou a todos”, disse ele.

A diretora operacional do HRLN, Sandra Marcondes, disse que é muito gratificante chegar nessa marca de cem procedimentos cirúrgicos. Isso mostra a mobilização de uma grande equipe que trabalha comprometida em prestar uma assistência de qualidade’’.

O HRLN é uma unidade gerida pelo Instituto Sócrates Guanaes (ISG). O hospital se tornou referência na região e dispõe de uma estrutura moderna com centro cirúrgico equipado, unidade de terapia intensiva (UTI) e unidade coronariana.

By srneto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *