Marcello Veríssimo

Grilagem e invasão de áreas proibidas são antigos problemas nos quatro municípios do Litoral Norte. As autoridades seguem atentas para tentar impedir que essas táticas sejam colocadas em prática na região.

O flagrante mais recente aconteceu em Caraguatatuba nesta semana. Uma operação da Polícia Ambiental com a Secretaria de Urbanismo e apoio da Polícia Militar Ambiental, conseguiu impedir uma nova tentativa de invasão em Área de Preservação Permanente (APP), no bairro Sumaré, região norte da cidade.

A área fica em um morro, onde foi constatado ponto de desmatamento e construção de abrigo por invasores. Invadir áreas públicas é crime e a prática de desmatamento pode resultar em punições administrativas e penais.

De acordo com o secretário de Urbanismo, Wilber Cardozo, afirmou que a pasta segue empenhada em identificar e coibir essas construções irregulares. Ele disse que a prefeitura mantêm monitoramento dessas áreas de forma constante por meio de uma parceria com a Polícia Militar Ambiental. “A ação conjunta colabora com nosso trabalho de identificação dos pontos de invasão”, disse o secretário. “Continuaremos atentos a esta prática ilegal para agir de forma efetiva e com agilidade, principalmente em áreas ambientalmente frágeis”.

Em casos de flagrante, a Polícia Militar também pode ser acionada pelo telefone 190.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *