Marcello Veríssimo

Um crime ainda sem solução. A Polícia Civil, em Ubatuba, ainda não tem pistas sobre o paradeiro de Augusto Gabriel Judic Borelli, 32, principal suspeito de ser o autor do homicídio de Bruno César Antunes de Souza, 39, também conhecido como MC Bakka. O crime aconteceu na noite do último dia 2 de março, na frente da casa em que a vítima morava com a família.

O filho do MC, de apenas 6 anos, viu o pai ser morto a tiros enquanto conversava com Gabriel, que era seu amigo.

De acordo com a polícia, diversas diligências já foram realizadas para encontrar o suspeito, inclusive na cidade de Taubaté, no Vale do Paraíba, onde ele possui familiares, mas o suspeito continua desaparecido.

Pelas redes sociais, a família do MC pede justiça. O crime causou comoção na cidade. Internautas cobram a prisão do suspeito com a hashtag #JustiçaparaMCBakka.

De acordo com a família, o filho de Bruno também pode sofrer traumas psicológicos por presenciar a morte do pai.

Denúncias sobre o paradeiro do criminoso podem ser feitas à Polícia Civil de Ubatuba pelo telefone (12) 3832-1297 ou no 190.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *