Marcello Veríssimo

O campeão voltou! Gabriel Medina, surfista de Maresias, na costa sul de São Sebastião, é um dos atletas mais carismáticos e polêmicos da WSL (World Surf League), na atualidade.

Depois da boa estreia, o atleta deu mais uma braçada para continuar invicto na defesa pelo título em Margaret River. O caiçara superou o surfista da casa, o australiano Ryan Callinan na segunda bateria do Round 3.

Agora, Gabriel se prepara para enfrentar o havaiano John John Florence nas oitavas de final.

Nesta terça-feira (16), Medina superou Ryan em um mar bom com ondas de 1,5 metro. A WSL informou que o tricampeão mundial abriu a bateria e já no primeiro minuto executou três manobras que valeram 4.17 pontos.
Inspirado, aos três minutos Gabriel rasgou duas vezes numa esquerda para colocar mais 5.00 pontos no seu somatório.

O australiano começou a se destacar na bateria por volta dos 10 minutos. Sua performance valeu 3.87. Aos 23 minutos, o australiano voltou a tentar superar Medina com uma nota 4.73, mas não conseguiu. Medina fez 5.93 pontos.

Sem chance

Eles voltaram a surfar logo depois. De acordo com a WSL, o australiano marcou 7.67, mas o caiçara disparou na frente com três potentes manobras somando 8.73 pontos.
A partir daí, o australiano tomou um caldo. Em segundo lugar, Ryan precisava de 7.00 para vencer, mas nenhuma outra boa série apareceu no Main Break e o caiçara saiu do mar com a vitória.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *